Google+ Followers

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Orun Ananda - Dharma










Dharma - Missão
Dharma é uma palavra em sânscrito que significa: Missão, trabalho ou dever. Esse
é o seu significado original nascido na Índia e usado pelo hinduísmo. Depois o
budismo também começou a se utilizar do termo, dando a ele o significado de
benção.

Dharma é o trabalho que você deve realizar nessa vida, a sua missão de vida. O
conceito de Dharma é muito bem exposto por Krishna na célebre obra Bhagavad
Gita, onde Ele (Krishna) explica a Arjuna como cumprir seu Dharma, lutando e
vencendo a guerra. Arjuna não quer lutar, diz a Krishna que não quer matar
ninguém, que seus parentes e amigos também estão lutando.

Krishna rebate ensinando que a alma é imortal e nunca morre. Que ele deve
liderar e vencer a batalha, pois ele sim estabelecerá um reino de luz e harmonia
na Índia. Explica que para obtenção de sucesso, ele (Arjuna) deve agir com a
consciência em Brahman, legando a Ele os frutos de sua ação. Dessa forma Arjuna
cumpriria seu Dharma. E realmente cumpriu. Disparou suas flechas de luz, acesas
pelo brilho do seu amor e da sua consciência e, por glória a Krishna - Brahman,
venceu a batalha. Viva Krishna, o senhor do Dharma!

Mas, qual o nosso Dharma? Qual a nossa missão de vida? A resposta é simples,
EVOLUIR! Você encarnou, para melhorar, evoluir em todos os aspectos. Aproveite,
faça dessa encarnação um divisor de águas para você, EVOLUA. Cumpra seu dharma.

Pouco importa quem você foi, santo ou pecador, ignorante ou sábio, homem ou
mulher. Nessa vida você tem a oportunidade de evoluir, começar muitas coisas
novas e REcomeçar outras tantas. Aproveite, expanda a consciência e a chama do
coração espiritual.

Brilhe, brilhe e agradeça...

OM NAMAH NARAYANA IA*

Nota:

OM: A vibração original. Normalmente começamos um mantra com Om, por ele ser o
som sagrado, o som primordial e criador.

Namah ou Namo: Palavra que designa respeito e pedido de licensa ao poder
evocado.

Narayana: Um dos nomes de Vishnu. É de Vishnu que surgem os Avatares. Krishna e
Rama são duas encarnações de Vishnu.

Ia: Sílaba que colocamos no final de um mantra quando evocamos um poder
masculino (no caso Vishnu). Mas se o poder ou a divindade evocado for feminina,
então colocamos o Iê. ex: Om Namo Lakshmi Iê

(Sepe, tentando cumprir o seu dharma, que é viver bem na Terra e evoluir..)



Gitanjali - Rabridanath Tagore

Deixa a cantinela, o cãntico e a recitação das contas de rosário!

A quem veneras nesse recanto solitário e escuro em um templo de portas fechadas?
Abre teus olhos e vê que teu Deus não está diante de ti. Ele está onde o
agricultor está lavrando o chão duro e o pedreiro está rachando pedras.

Ele está com eles no Sol e na chuva, e sua roupa está coberta de poeira. Remove
teu manto sagrado e como Ele desça para o chão empoeirado! Libertação? Onde se
encontra essa libertação?

Nosso mestre assumiu pessoalmente com alegria os vínculos da criação;

Ele está vinculado a nós para sempre. Sai de tuas meditações e deixa de lado
tuas flores e inscenso! Que mal há se tuas roupas ficam gastas e manchadas?
Encontra - O e fica com Ele na faina e no suor da face.

Notas: Rabridanath Tagore foi um grande escritor hindu que viveu de 1861 a 1941.
Foi o primeiro asiático a ganhar o prêmio Nobel de literatura (1913). Sua poesia
e prosa, tem um fundo humanístico, espiritualista, político - social. É muito
lindo os seus textos...

Abraços!

Om Premananda

Nenhum comentário:

Postar um comentário